Salsa

Salsa

Ritmo musical desenvolvido a partir da segunda metade do século XX com contribuições da música caribenha e de danças folclóricas dessa região, como a Conga e o Mambo. Nasceu em Cuba, e é uma espécie de adaptação do mambo da década de 1950. Recebeu ainda influências do Merengue da República Dominicana, do Calipso de Trinidad e Tobago, da Cumbia colombiana, do Rock norte-americano, do Reggae jamaicano e do Bolero. Em suas canções predominam os instrumentos de percussão. Salsa, em castelhano, significa "tempero", e a adoção do nome quis transmitir a idéia de uma música com "sabor". As músicas são a mescla de ritmos afro-caribenhos, tais como o Son montuno, o Mambo e a Rumba cubanos, com a Bomba e a Plena porto-riquenhas. Hoje, é uma mistura de sons e absorve até influências de ritmos mais modernos como Rap ou Techno. A dança pode ser caracterizada por diversos tempos musicais. Enfim é uma dança bastante completa.
 

Salsa

CD Raul de Barros – O Som da Gafieira 
CD Zé da Velha e Silvério Pontes - Só Gafieira 
CD Ataulfo Alves – Leva meu Samba (vários artistas) 
Papel de pão (Jorge Aragão) 
Inigualável paixão (Emilio Santiago) 
Eu quero mais é sorrir (Carlos Dafé) 
Para ver as meninas (Marisa Monte) 
Samba de Verão (Marcos Valle) 
Me Leva (Agepê) 
Volta (Marquinhos Satã) 
Reflexão (Jorge Aragão) 
Cara Valente (Maria Rita) 
Rosa Maria (Milton Nascimento) 
Faz de conta (Emilio Santiago) 
Valentia de Homem (Benito Di Paula)
Loucuras de uma paixão (Jorge Aragão) 
Meu Off Rio (Martinho da Vila) 
Coração Leviano (Djavan) 
Maria Rita (João Nogueira) 
Olho nu (Leila Pinheiro) 
Agora que eu fiquei afim (Malícia Brasileira) 
A Volta da Gafieira (Alcione) 
Gafieira Maneira (Reinaldo) 
Gostoso veneno (Alcione & Djavan) 
Corrente (Ney Matogrosso) 
Leva meu samba (Sandra de Sá) 
Pára-raio (Djavan) 
A Rita (Gal Costa) 
Taxi Drive (Joyce) 
Antonico (Elza Soares e Miltinho) 
Samba do Grande Amor (Gal Costa)

 

O nosso compromisso é com a sua dança!